Astrônomos encontram dois planetas do tamanho da Terra

Astrônomos da sonda espacial Kepler anunciaram nesta terça-feira (20) a descoberta de mais dois planetas fora do Sistema Solar: “Kepler-20e” e “Kepler-20f”. Os dois são os primeiros dentre os descobertos a ter quase exatamente o mesmo tamanho que a Terra. Eles também orbitam uma mesma estrela parecida com nosso Sol.

O 20f tem praticamente o mesmo raio da Terra e o 20e é um pouquinho menor (mais ou menos do tamanho de Vênus). São os dois menores já descobertos fora da nossa vizinhança. Eles estão a 950 anos-luz de distância.

Ilustração compara os tamanhos dos planetas, na ordem: Kepler 20e, Vênus, Terra e Kepler 20f (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)Ilustração compara os tamanhos dos planetas, na ordem: Kepler 20e, Vênus, Terra e Kepler 20f (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)

Segundo o líder do grupo, François Fressin, a equipe acredita que eles possam ter uma composição parecida com a do nosso planeta, com um núcleo ferroso e um manto. Eles suspeitam também que o 20f possa ter uma atmosfera com vapor d’água.

O grande número de “exoplanetas” (como são chamados os que existem fora do Sistema Solar) descobertos recentemente é fruto de uma verdadeira “caça ao tesouro” feita por astrônomos em busca de um planeta “gêmeo” da Terra. O objetivo, é claro, é encontrar um outro mundo capaz de abrigar alguma forma de vida.

O sistema estelar da dupla é composto ainda por outros três planetas maiores. Todos os cinco estão mais perto de sua estrela do que Mercúrio está do Sol.

Ilustração do Kepler 20e, o menor planeta extrassolar já encontrado.  (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)Ilustração do Kepler 20e, o menor planeta extrassolar já encontrado. (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)

Os astrônomos também notaram uma coisa interessante, que desafia o que sabemos sobre a formação de planetas. Por aqui, os astros rochosos e pequenos (como Terra, Marte, Vênus e Mercúrio) ficam mais perto do Sol enquanto os gigantes gasosos (Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) ficam mais longe. No sistema de Kepler 20, no entanto, a organização é intercalada entre planetas grandes e pequenos.

O trabalho será publicado em uma edição futura da revista científica” Nature”.

Ilustração do Kepler 20f tem mais ou menos o tamanho da Terra (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)Ilustração do Kepler 20f tem mais ou menos o tamanho da Terra (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle)

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/10/chuvas-revelam-estatua-com-mais-de-2-metros-e-800-anos-no-camboja.html

Este post foi publicado emSem categoria. Bookmark o permalink. Fechado para comentários e trackbacks no momento.